Seguidores

23 de jan de 2012

Invisibilidade Social - Preconceito inconsciente

Praticamente todos têm em relação a algo. Poucos admitem e muitos falso-moralizam, mas o conceito de preconceito está muito além da discriminação consciente à outrem. Revela-se também no inconsciente, ao apagarmos do mapa,  pessoas que fazem os trabalhos mais humildes e primordiais para a sociedade. 








Já citei aqui em Quanto vale a sua vida? e E se eu fosse você? sobre como seria se estivéssemos na pele de outra pessoa, e qual o valor da sua vida naquele momento. Hoje venho aqui apresentar um caso concreto para vocês. Quanto mais humilde for a profissão, menos valor é atribuído a ela, e menos essa pessoa existe perante a sociedade. Podem ser comparados a robôs, objetivos, menos pessoas. O caso que fica mais claro são dos garis que, na minha opinião, fica dentre as principais profissões mais mal pagas, humildes e indesejadas que uma pessoa pode desejar. 


O horário do Gari é diversificado, dependendo do local. Veste uniformes nada elegantes, mexe com objetos nada cheirosos, limpos ou saudáveis, sua saúde é mais comprometida a cada dia de trabalho e ainda ganham pouco para isso. Muitas vezes a única vez que nos damos conta que há garis por perto pelo odor do caminhão de lixo. Contribuição pro trabalho deles? Também é difícil. Lixo orgânico junto com material reciclável, produtos podres expostos em sacos abertos. 

Nem pelos cachorros os coitados são respeitados. Até hoje não vi um cachorro ficar feliz ou ao menos calado ao ver um caminhão de lixo. É, definitivamente, uma profissão que é exercida por alguém que vê poucas escolhas ou nenhuma de outra ocupação lícita na vida. 

Eu também não venho com falso-moralismo. As vezes, pelo horário, nem vejo esses profissionais. Na pressa de levar o lixo pra fora, acabo misturando o lixo. Mas eu convido a você, a mudar de atitude. Não é algo difícil. Se você tiver duas lixeiras, um só para materiais orgânicos (alimentos, líquidos, etc), e outro para material reciclável (papel, plástico, vidro, etc) já é alguma coisa. Se tiver um para cada material reciclável, melhor ainda! E tenha o cuidado de vedar bem sacos e lixeiras. 
E da próxima vez, olhar mais para o gari, ver como é a vida dele, lembrar que ele também é um ser humano, e que está exercendo uma profissão que exige mais "peito" do que a sua, muitas vezes. Poderia ser você naquela ocupação. Como gostaria de ser tratado? 
Aproveito a oportunidade para agradecer a todos meus seguidores por fazerem a Divulgando e Debatendo ultrapassar a marca de 100 seguidores, tanto no diHITT quanto no Blogger, considerando o pouco tempo que estamos online. Espero poder retribuir essa felicidade a vocês com postagens de qualidade cada vez maior e uma interatividade cada vez mais intensa!